sábado, 20 de agosto de 2011

Amplitude de Movimento- ADM (Resumo Aula Profª Eliete)

           



             Técnica de exercícios utilizados para examinar a mobilidade e para o inicio do tratamento terapêutico.
             Promove movimento articular e muscular ao longo da amplitude total ou permitida.
             Amplitude Muscular
             Amplitude Articular

                                      Excursão Funcional (Amplitude Muscular)

              A distancia que o Músculo é capaz de se encurtar apos ter sido alongado ao máximo.
Insuficiência Ativa de um músculo- Ponto máximo do encurtamento muscular .
Insuficiência Passiva de um músculo-Ponto máximo de Alongamento de um muscular.

                                      Objetivos dos exercícios de ADM 

               Manutenção da mobilidade articular e de tecidos moles de modo q minimizar a perda da flexibilidade dos tecidos e formação de contraturas.
                Regeneração dos tecidos. Regeneração.

                                     Causas da redução da ADM 


  • Doenças Sistêmicas: 
  • Doenças Musculares:
  • Articulares:
  • Neurológicas:
  • Lesões traumáticas ou Cirúrgicas:
  • Imobilização 
  • Inatividade


                                      Tipos de exercícios de ADM 

ADM Passiva (ADMP): Movimento produzido inteiramente por força externa (Gravidade, Mecânica, do fisioterapeuta, ou do próprio paciente).
ADM Ativa (ADMA): Movimento produzido por contração ativa dos musculos que cruzam a articulação.
ADM Ativo-assistida (ADMA-A): Movimento ativo que necessita de força externa para completar o movimento.

                                    ADM Passiva-Indicações 

  • Inflamação aguda 
  • Quando o paciente não for capaz de mover a segmento corporal 
  • Coma, Paralisia
  • Durante o período de repouso 
  • Usado durante a avaliação para determinar a mobilidade do paciente
  • Antes da técnica de alongamento passivo.

                                      Objetivos 
  • Diminuir as complicações da imobilização;
  • Manter a mobilidade articular e do tecido conjuntivo;
  • minimizar o efeito de formação de contraturas;
  • Manter a elasticidade Muscular;
  • Auxiliar a circulação;
  • favorecer no processo de regeneração pós lesão ou cirúrgica;
  • Manutenção da percepção de movimento pelo paciente.


                                        ADM Ativa e Ativa-assistida
                                                      Indicações

  • Quando o paciente é capaz de mover o segmento na amplitude total ou parcial;
  • Programas de condicionamento aeróbico;
  • Durante a imobilização, nas articulações acima e abaixo da imobilizada.

                                                       Objetivos 
  • Manter a elasticidade e contratilidade muscular; 
  • Fornecer feedback sensorial a partir da músculo em contração;
  • Estimular a manutenção e integridade óssea e articular; 
  • Aumentar a circulação e prevenir a formação de trombos;
  • Desenvolver coordenação e habilidade motora.

                                           Precações e Contra-indicações 

  • Lacerações Agudas 
  • Fraturas e Cirurgias- fase aguda
  • Risco de Morte

                                            Avaliação e Plano de tratamento

  • Determinar o comprometimento e o grau de função do paciente;
  • Determinar precauções e plano de tratamento;
  • Habilidade do paciente, tipo de ADM a utilizar;
  • Padrões dos exercícios; 
  • Monitorar apos a aplicação do exercicio: Sinais vitais, calor, coloração e dor no segmento tratado.

                                              Preparo do Paciente 
  • Descrever o plano e as metas do tratamento;
  • Liberar de vestimentos apertados a região a ser tratada;
  • posicionamento, alinhamento e estabilização confortáveis. 
O Fisioterapeuta deve posicionar-se junto como paciente utilizando uma mecânica corporal adequada.

                                               Aplicação da Técnica  
  • Segurar o membro em torno das articulações;
  • Dar suporte a áreas com integridade ruim;
  • Mover o segmento por toda a amplitude livre de dor, sem forçar o movimento;
  • Movimentar de forma suave e rítmica, com 5 a 10 repetições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário